quinta-feira, agosto 03, 2006

PARA ONDE CAMINHA A HUMANIDADE?

Sempre que visito um outro país, tenho a preocupação de vivenciar o dia-a-dia das pessoas de forma intensa. Parece ser uma coisa besta, mas na minha concepção não o é, pois tenho ante-visão da mudança de mando do mundo, passando pela Ásia. Hoje mesmo navegando pela internet leio uma noticia que vem do Oriente, mais precisamente da China, e que me causa um certo temor. É que quando morei no Japão, e mesmo antes de o fazer, procurei ler muito sobre a cultura oriental. É uma cultura milenar que merece respeito, e que também pode amedrontar, não pelo que eles são no momento, mas pelo que podem vir a ser no mundo do futuro. Me espanta como cresce a economia da China, e aprendi que quem é forte financeira e economicamente, tem forte propensão de dominar o mundo, foi assim com o Império Romano, e continua assim com o Império dos gringos do norte.
Leiam a noticia:
Província na China realiza massacre de 50 mil cachorros Cerca de 50 mil cães foram massacrados nos últimos cinco dias em uma província chinesa por causa de um surto de raiva canina na cidade. A matança poupou apenas os cães das unidades militares e os cachorros treinados pela polícia. Os cachorros foram mortos a pauladas no meio da rua e os policiais encarregados da tarefa não faziam distinção entre cães saudáveis ou raivosos. Segundo o jornal Shangai Daily, os animais eram tirados das mãos do dono e espancados na rua. Liderados pelo chefe da polícia local, outros "esquadrões da morte" entraram em vilas durante a noite fazendo barulho para que os cães latissem. Quando os animais eram identificados, os policiais pulavam os muros e matavam os cachorroso no quintal das casas."
(Fonte:IG)
"Ora vejamos, a atitude é absurda se considerarmos que os cães das unidades militares e os treinados pela policia, como qualquer outro cão poderiam se contaminar ou estar contaminados, ao passo que os que eram sacrificados, não sofriam distinção se estavam ou não contaminados, logo, se queriam cortar o mal pela raiz, teriam que eliminar também esse cães, que numa atitude de extrema arbitrariedade e autoritarismo exacerbado foram poupados, pondo em dúvida o real pretexto que era combater a raiva.
Na verdade o que me causa preocupação, além de tudo, foi a forma como a coisa foi executada, uma mistura de barbárie com perversidade.
Que se esperar de uma raça que é capaz de atitudes como essa com animais como os cães, se os mesmos chegarem a dominar o mundo?
Eis o real motivo de minha preocupação.



2 comentários:

citadinokane disse...

Xico,
Conclusão que chego ao ler o seu post, estamos ferrados... Vamos levar varadas que nem aquele cachorro jogado no chão.
Quem virá nos salvar?! Não chamem "nosso senhor" e "nem nossa senhora". Estaremos na "roça"...
Hasta la victória siempre!!!!!

locopanda

Anônimo disse...

Rocha,

Entendo a sua preocupação e concordo com você. Porém, a minha preocupação já não é o domínio deles, e sim a aceitação do povo.

Mari