quinta-feira, julho 20, 2006

DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE


No DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE, quero brindar com todos os meus amigos. Que possamos a cada dia fortalecer muito mais o elo que nos une nesta amizade.
Dedico a todos eles, aos companheiros: Nilton Atayde, Edu Bueres, Pedro Nelito, José Mauro, Cyd Cavalcante, José Medardo, aos Dinaldos (pai e filho), Carina e Célio, a minha companheira Cláudia, meus irmãos (Antonio e Chagas), minhas sobrinhas Regina e Carolina pessoas doces que embora longe, estão tão perto de mim, e meus sobrinhos Carlinho, Daniele, Gisele e Camila, que embora pertos, estão tão longe de mim, meus cunhados Aderbal e Dudú, Rubinho, minhas cunhadas Carmélia, Celeste, Ruth, ao Carnélio, meu irmãozinho Bassalo, meu companheirinho Flávio, Léo Tocantins, as minhas filhas, a uma pessoa iluminada D.Alice minha sogra, a Vanilda, Vanessa, Aline, Yana e Yan, meu compai Figueroa, minhas afilhadas Diana Carolina e Syndel, ao amigo Manél e a tantas outras pessoas que me foge agora, mas que igual a todas estas que estão aqui também tem uma importancia fundamental para a nossa vivencia.
Muito obrigado pela amizade, e agora um poema:
Una amistad como la nuestra es un regalo especial. Disfrutamos tantas cosas similares, y compartimos tantos momentos maravillosos y divertidos. Me respetas por mi firmeza espiritual y yo te admiro por la tuya. Nos alentamos mutuamente en los momentos difíciles y juntos reímos en los buenos momentos. Sé que contigo no tengo que fingir... Una amistad como la nuestra es un regalo precioso... Podemos contar nuestros más íntimos sueños y anhelos, alentarnos mutuamente para alcanzar más éxitos y mayor felicidad, y enjugarnos nuestras lágrimas en los momentos de tristeza y frustración. Eres una luz que ilumina mi vida y tienes un lugar muy especial en mi corazón. En el día de la amistad quiero desearte que todos tus mejores anhelos se hagan realidad y que tengas éxito y felicidad, un corazón alegre y risas. Y quiero decirte que para mí eres lo más maravilloso y que atesoro nuestra amistad.

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabens Xicão.. Esse texto entra para o rol dos "incomentaveis", já que ele encerra por sí mesmo o leve, o sincero, e o expontaneo que devemos ser um com o outro. Tão troglodita sou, que confesso-te, não sabia que esse dia existia. Obrigado; suas palavras, são as minhas palavras, acrecidas.

EduardoBueres

citadinokane disse...

Xico,
Paz na Terra aos homens de boa vontade.
O Bueres tem tomado muito "Lexotan"...
Até a vitória companheiro.
Loco Panda

Nati Depp disse...

Que monito!!! No sé cuantos comments van? pero no importa me gusta tu blog.