sexta-feira, novembro 03, 2006

ORGULHO PAROARA


Sempre tive muito orgulho do meu status de paroara, mas se tem uma coisa que muito me envaidece, é o caráter resistênico dos brinquedos de miriti.
Mesmo com o advento da produção chinesa de todo tipo de bugingangas, segue altivo o nosso brinquedo de miriti, sem se importar com todos os avanços tecnológicos, sem preocupações maiores com a globalização ou crises, resiste o nosso folguedo lúdico e sobretudo ganha força no Círio de Nazaré.
Um pouco de sua história:
O brinquedo de Miriti tem sua origem perdida no tempo, embora alguns historiadores associem sua comercialização ao Círio de Nossa Senhora de Nazaré, maior festa religiosa dos paraenses, que acontece no segundo domingo de outubro. Supõe-se que essa relação tenha surgido por ocasião do primeiro Círio, realizado em 1793, quando ocorreu a Feira de Produtos Regionais da Lavoura e da Indústria. Para essa feira, cada vila ou cidade do interior enviou produtos como cacau, baunilha, guaraná, mandioca, arroz, cerâmica, tabaco, redes de pesca, pirarucu salgado, cesto, esteira e outros bens, estando, possivelmente, aí incluídos os brinquedos feitos no município paraense de Abaetetuba, apesar de não existirem registros históricos que os nomeiem explicitamente como integrantes do rol de produtos dessa feira (Morais, 1987).Para alguns moradores da cidade, o miriti sempre foi utilizado por crianças da região, que faziam seus brinquedos - pequenas montarias e vigilengas - para usar em competições nos rios, igarapés e furos.

3 comentários:

Patricia disse...

Qué pena que no entienda bien el portugués,pues me parece que tus posts son interesantes.
Gracias por visitar mi blog.
Saludos

Dilaca disse...

El último post que había leído Fue Rey morto, rey posto... Aunque hay días que no ingreso a mis blogs amigos, cuando estoy en internet, los recorro desde el último que ví... Es así que me he diverdtido con el árbol sugerente, el pórtico machista, el fotomontaje de la cara con tetas, el bebé que desea las tetas de la otra mujer...EL de la balanza...
Pero al de hoy, ne ha costado entender... Necesito un diccionario, o leer con mayor atención.

Xico Rocha disse...

Querida Dilaca, el post habla de unos juguetes que son hechos en mi Estado, estan hecho con una madera de la region, es un tipo de árbol que está bien débil y liviano. Entonces hablo que aunque los chinos hagan tantos juguetes y otras cositas más, nuestros juguetes siguen adelante, una verdadera resistencia.
Xico Rocha