domingo, agosto 02, 2009

ALGODOAL TERRITÓRIO LIVRE








Algodoal Território Livre, este é o mais apropriado modo em palavras de definir a Ilha de Maiandeua.

Maiandeua tem origem no tupy e significa "Mãe da Terra". A ilha é chamada de Algodoal em virtude da abundância de uma planta nativa conhecida como algodão de seda, ainda presente na região, cujas sementes, com filetes brancos, são dispersas pela planta e, ao flutuarem ao vento, lembram o algodão. Quem primeiro a apelidou desta forma foram os pescadores que lá chegaram na década de 20.

Mas definições à parte vamos ao que interessa, Algodoal é um espaço que acomoda todos as faixas etárias, mas, predomina a jovem, é essa tribo que mais abunda na ilha, e como conseqüência a energia que se faz sentir é positivíssima, muita gente bonita e alegre. Lembro-me da primeira vez que fui com a família, minha filha então com 08 (oito anos) ao caminhar pelas ruas lotadas de gente, me fez a seguinte observação, -”Pai, aqui só tem jovem”, era o réveillon de 2004, e realmente por todos os lados a juventude imperava.

Enfim a ilha é cheia de atrativos, e a tranqüilidade que por lá reina permite que o visitante sinta na pele a sensação de liberdade, e não se permite na ilha a circulação de veículos automotores, somente os de tração animal é visto circulando por lá, o que de certo modo dá segurança no caminhar.

E como é férias, todo pessoal se manda para lá, mas, carece que o visitante (novato), se intere de alguns cuidados que devem ser observados durante sua estadia, um deles é o cuidado com a rasteira da Matinta – Perera, digo isso porque numa recente visita de um amigo meu pelas bandas de lá, ele ficou intrigado com tanto “nego” caído pelo chão, enquanto caminhava-mos em busca de um café com tapioquinhas, e lhe disse que eles tinham “tomados” rasteira da M-P, e só no retorno dele, já com o dia amanhecendo é que ele foi entender, é que já perto de casa ele levou uma dessas rasteiras enquanto tentava se apoiar chamando o Rauuuuuuul.

Algodoal é isso, alegria, festa, amizade, calor humano e calor climático, muito amor, e claro muitas geladas.

Quem não conhece algodoal se adiante, pois o progresso caminha à passos lentos naquela direção, mas ainda se curte o bucolismo na ilha.



4 comentários:

Flor disse...

Xico, por que tem escrito tao pouco?

Xico Rocha disse...

Flor, uma espécie de mosca Tsé-tsé me picou, mas, já passou.
Abraços

Mari disse...

Xico,

Beijo enorme pra você nesse Dia dos Pais, e nos outros dias também, tá!? rsrsrsrs...

Xico Rocha disse...

Mari, gracias pelo carinho.
Xico Rocha